O exame de ressonância magnética nuclear (RMN) serve para auxiliar o ortopedista no diagnóstico de diversas doenças, assim como para avaliar a resposta ao tratamento. Ao contrário da radiografia (RX) e da tomografia computorizada (TC), NÃO utiliza radiação ionizante, ou seja, não aumenta o risco de câncer e pode ser realizado em gestantes quando indicado. A RMN funciona com um campo magnético intenso e ondas de rádio para produzir imagens detalhadas dos diferentes órgãos e sistemas do corpo humano.

Os aparelhos de RMN que produzem campos magnéticos mais intensos, são semelhantes a túneis e referidos popularmente por ressonância magnética fechada ou de campo fechado. Em alternativa, nomeadamente para indivíduos com claustrofobia e ansiedade, existem aparelhos de ressonância magnética aberta. Estes aparelhos abertos proporcionam maior conforto e tranquilidade ao paciente.

O exame de ressonância é muito seguro, desde que os devidos cuidados sejam tomados previamente à sua realização.

Em virtude do campo magnético muito forte, pacientes que possuem alguns dispositivos metálicos ou eletrônicos (por exemplo marcapassos não-compatíveis, clipes de aneurisma cerebral antigos, fixadores ortopédicos externos) não podem realizar o exame.

O tempo de realização do exame varia de acordo com a área em estudo. A duração média é de 45 minutos (oscila, habitualmente entre os 30 a 60 minutos).

A ressonância magnética da coluna ou de seus segmentos é mais frequentemente utilizada para pesquisa de patologia degenerativa (prolapsos ou hérnias discais), compressão medular e radiculares ou doenças inflamatórias e desmielinizantes, entre outros.

A ressonância magnética das articulações geralmente é indicada quando existe suspeita de instabilidades, lesões ligamentares, lesões dos tendões, lesões musculares, lesões labrais, rotura do menisco, lesões na cartilagem articular, osteonecroses etc.

Em doentes oncológicos serve para diagnosticar metástases ou tumores primários, assim como para avaliar a resposta ao tratamento.

Mais informações? Procure seu ortopedista de confiança.

#ortopedia #traumatologia #medicina #tratamento #prevenção #dornojoelho #artroplastiadojoelho #protesejoelho #ortopediabh #esportes #videoartroscopia #drthiagobrustolini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *